Esse blog é uma verdadeira caixa de retalhos, escrevo tudo o que quero, lê quem quiser e comenta quem acha alguma coisa.

terça-feira, 27 de novembro de 2007

Hoje tenho tempo, estou na Unisinos meio que a passeio. A turma pode escolher entre fazer prova ou um pôster para apresentar na Mostra do Unipas. Como eu estava desesperada por horas complementares eu e meu irmão optamos por pôster.

Então agora há pouco me desabalei para o outro lado da Unisinos (é longe pra caramba) para mandar imprimir o pôster. Lá no centro 6 eles chamam de plotar, seja lá o que for isso, para mim é imprimir uma coisa maior do que ela é!

Então isso é o nosso grau B. Eu estava na turma enquanto a professora estava passando as instruções da prova, eu teria tirado de letra, mas os outros colegas da Nutrição e da Fisioterapia estavam apavorados! Deveriam estar pensando! Porque eu não escolhi o pôster?

Tirando essas novidades, tudo continua na mesma. Vou ter que fazer um projeto para estagiar em Nova Petrópolis e isso vai me dar trabalho. Já fiz o esqueleto dele, só falta escrever as coisas. Como se esse "só" fosse pouco!

No domingo cantamos com o grupo vocal numa primeira comunhão, estava muito bonito, recebemos elogios de pessoas que entendem de música! Que legal!


sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Estou muito feliz!

Estou realmente muito feliz mesmo!

Essa semana várias coisas deram certo em minha vida!

A que me deixou mais feliz: GANHEI AS BENDITAS 60 HORAS COMPLEMENTARES NA UNISINOS! Isso realmente estava se tornando um sufoco para mim. O curso está chegando ao fim e eu não tinha uma mísera hora complementar para contar história! Tanto é que me botei a fazer curso (gratuito) no intuito de conseguir umas horinhas...

Mas no início do ano eu fiz uma solicitação para a Unisinos de que eles me abrissem uma optativa a mais e me colocassem uma disciplina para horas complementares. Achava que isso nem estava mais de pé, pois a resposta teria de ser dada até julho, mas deixei assim, já estava me resignando. No entanto ainda tinha esperança de conseguir umas 20 horinhas com isso, mas eles fizeram mais! Me deram as 60 horas!

Motivo? A disciplina de Matemática Fundamental do antigo básico foi contada como disciplina extinta do currículo 1.

Bem que eu sabia que a tal matemática ainda ia me valer de alguma coisa na vida! Fiz essa disciplina no primeiro semestre que entrei na faculdade e passei com uma ótima média! Sim, naquela época eu ainda gostava de matemática, o que será que aconteceu comigo depois disso?

Outra coisa que me deixou muito feliz foi a definição (finalmente!) da situação do meu estágio. Agora me deram uma resposta, não a que eu queria, mas enfim, é uma resposta. Tenho que fazer um projeto para estagiar em Nova Petrópolis, mas vou ter total apoio da psicóloga do local para o que eu precisar, e isso é muito bom!

E a outra notícia é que ganhei a promoção da academia, meia mensalidade no mês de dezembro! Uma semana realmente feliz!

Agora, tenho que me concentrar para fazer o projeto e deixar tudo pronto para a data de entrega! E se Deus quiser ele vai ser aprovado!

Cuidem-se! Beijinhos...


quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Quanto mais eu conheço os homens mais eu amo os animais

É incrível como o ser humano sabe ser dissimulado.

Quer fazer uma coisa, mas aparenta não querer e faz outra, mas se você conhece bem essa pessoa, fica flagrante a dissimulação. Também tem pessoas que não sabem mentir, que os olhos as traem, no olhar de uma pessoa, tem mil palavras, é só saber olhar.

Tem pessoas que sabem muito bem disso e não conseguem olhar nos olhos de outras pessoas, a janela da alma, fica muito exposta, quem sabe ler os olhos consegue descobrir coisas que a própria pessoa desconhece.

Você pode saber quando uma pessoa está mentindo, quando ela ao falar, não te olha no olho, ou não tira o óculos de sol, ou fica se coçando (nariz, orelha...).

Mas a pior de todas as pessoas dissimuladas/mentirosas, é aquela que ao mentir, mente tão bem que acaba acreditando na própria mentira e com isso aquilo passa a ser a verdade para ela e sendo verdade ela consegue mentir muito bem naquilo e todos que ouvem imaginam ser a verdade.

É complicado entender? É. E é para ser complicado mesmo, as pessoas que tem essa característica são muito complexas mesmo, mas tão simples ao mesmo tempo. Têm uma vida esvaziada de sentido, pois passam o tempo todo inventando outras mentiras para contar, mas na realidade a vida é muito dura com eles, pois não conseguem realizar nada do que fantasiam, pois sempre que fantasiam algo, precisam de outra fantasia nova pois aquela de uma certa forma já não faz mais sentido.

Ela serviu apenas para impressionar alguém por um momento, não serve para outras ocasiões.

O que eu quero dizer é que essas pessoas, pelo menos comigo não tem muita chance, pois eu olho no olho e chego junto, se é para inventar, vai ter que inventar muito bem, pois algumas perguntas bem feitas derrubam qualquer mentira.



terça-feira, 20 de novembro de 2007

Na pressão...

Continuo na mesma, em relação à decisão que tenho que tomar referente ao estágio...

Hoje, mais uma coisa me deixou em cima do muro. Uma colega que já estagia no PAAS veio me dar os parabéns pois eu tinha passado e disse que amanhã eles vão fazer uma festinha a tarde para recepcionar os novos estagiários...

Daí falei para ela o que estava acontecendo e ela me disse que eu tinha que ver o que era melhor para mim. Isso eu já sei!!! Só que dependo de outras pessoas tomarem decisões, por mim já está mais do que decidido!

Quero fazer o meu estágio em Nova Petrópolis e pronto! Vários motivos me levam a decidir desta forma!

Primeiro: Não tenho dinheiro sobrando para estar me deslocando todo santo dia para São Léo!

Segundo: Como ganhamos subsídio da Prefa de NP, é uma forma de eu retornar esse investimento, prestando um serviço à comunidade com o meu estágio na cidade.

Terceiro: Eu quero trabalhar em Nova Petrópolis e não em São Léo depois que eu me formar, então tenho que fazer meu nome na cidade onde quero trabalhar.

Quarto: Vou ficar como única estagiária no serviço, vou ter supervisão experiente e exclusiva, apoio total.

Quinto: Liberdade de fazer os meus horários e mais tempo para ficar com meu marido.

Enfim, muitos caminhos me levam a Nova Petrópolis e essa decisão vai ser tomada levando em conta outras diversas coisas que não foram enumeradas... É claro que corro o risco de nada disso dar certo! Mas é um risco que preciso correr para conseguir o que eu quero e se for o caso, ano que vem eu tento novamente a seleção em outros locais.

Sempre que a gente toma uma decisão por algo, tem que deixar as outras opções de fora. Não é fácil optar por um ou outro, já que nunca vamos saber o que estamos perdendo por optar uma das coisas, mas isso tudo é muito pirante!

Algo me diz que vai ser muito bom o que eu optar e é nisso que vou me concentrar a partir de agora, amanhã de manhã tenho uma reunião com a Psicóloga de Nova Petrópolis e de tarde tenho que ligar no PAAS dando uma posição sobre a minha decisão.

Estou muito ansiosa com tudo isso, mas tenho que pensar também que o mundo não vai acabar amanhã e que eu tenho tempo, já estou na faculdade desde 1996 e não é por causa de um semestre a mais ou a menos que vou demorar mais do que já estou demorando para me formar, tudo a seu tempo!


domingo, 18 de novembro de 2007

Quem resolve?

Uma das coisas que mais me deixa indignada é o empurra-empurra de decisões que as pessoas insistem em fazer. Já não é a primeira vez que eu escrevo sobre isso aqui no blog e, infelizmente, posso constatar que não será a última vez!

Estou como podem saber, lendo as últimas postagens em um processo de seleções de estágio. Está tudo muito confuso na minha cabeça. Tenho um local, no qual já passei, que é o PAAS, serviço da Unisinos e tenho outro local aqui em Nova Petrópolis que estaria abrindo inscrições nesse semestre.

Aí é que está o problema! Pelo local, está tudo certo para abrir as inscrições, a psicóloga responsável pelo estágio já conversou com a Unisinos e pelo que ela tinha entendido, estaria tudo certo, inclusive já com reuniões de supervisores locais já agendadas.

Só que a vaga não aparece no site e não há nenhum sinal de fumaça sobre isso!

O meu problema é a falta de recur$o$. Se eu fosse estagiar em São Leopoldo, somente de passagem, eu gastaria R$: 12,00 por dia! São 20 horas de estágio, mais as aulas, chutando, por baixo, isso equivaleria a R$: 192,00 só de passagem por mês, sem contar a alimentação e o transporte entre Centro-Unisinos nos dias de aula. Tudo isso sem o subsídio da Prefeitura!

Então, liga para um, liga para outro e ninguém sabe o que está acontecendo! Sem contar, que tenho prazo nos locais para dar resposta de aceite ou não da vaga. Estou vendo que vou ter que adiar os meus planos para semestre que vem de iniciar o meu estágio, pois se eu sair do meu emprego, fica só o salário do Silver para arcar com as despesas e estaria gastando muito mais do que o valor que mencionei acima, já que é preciso fazer a alimentação e outras coisas mais, se eu conseguir estágio em Nova Petrópolis, pelo menos o transporte eu já não gasto e a alimentação a mesma coisa!

Que Deus me ajude e ilumine as mentes brilhantes que decidem na Unisinos para que eu possa fazer feliz o meu estágio sem ter que fazer empréstimos para continuar sobrevivendo!

Aguardem cenas dos próximos capítulos (tomara que não sejam muitos!)


quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Novidades...

Primeiro: Passei em uma vaga de estágio, no PAAS em São Leopoldo, serviço conveniado a Unisinos.

Não sei se é isso que eu quero, ainda temos alguns capítulos pela frente!

Segundo: Tô indo pra praia amanhã e só volto no domingo, êta vidão!

Na sexta é aniver do Silvério e ele merece esse descanso!

Beijinhos e até a volta!



sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Para refletir...

É melhor tentar e falhar que
ocupar-se em ver a vida passar.
É melhor tentar, ainda que em vão,
que nada fazer.

(Martin Luther King)

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Novidades!?

Estão surgindo algumas novidades em termos de estágios por aí...

Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos! Tomara que dê certo, pois uma vez já furou...

Assim que eu tiver novidades concretas eu posto aqui!

sexta-feira, 2 de novembro de 2007

Mais uma nova etapa!

Agora está começando uma nova etapa na minha vida.

Estagiária de Psicologia.

Esse mês estarei participando de diversas seleções para estágio, onde estarei sendo testada, vista, perguntada e terei que mostrar o que quero e o que vim buscar. Vou ter que mostrar porque eu quero estagiar em tal local e o que vou querer fazer no local. Já participei de uma entrevista coletiva e já pude ver que a concorrência é acirrada.

Todos querem se mostrar melhor e mais bem capacitados, mas são poucos os que passam.

Quatorze pessoas para 3 vagas.

E muitas das pessoas que estão ali são conhecidas o que torna o processo mais penoso ainda. Mas temos que passar por algumas competições na vida a fim de garantir o nosso sucesso, é o vestibular, é o concurso, é a seleção de emprego, de estágio.

Enfim, quem melhor se sair é que fica com a vaga. Espero encontrar o meu lugar ao sol para que no próximo semestre eu já possa ser uma estagiária de psicologia, apenas mais um passo nessa longa caminhada que enfrentei no curso.

Acho que esse processo é muito válido, já que temos que nos preparar para enfrentar o mundo fora das paredes da Universidade, mas somos muito exigidos em termos de experiências. Na minha trajetória não tive muita oportunidade de fazer estágio voluntários, talvez até por falta de senso de oportunidade, comodismo ou qualquer coisa do tipo. Só sei que me fazem falta essas experiências hoje, já que não conto o CVV como estágio, visto que é um serviço realizado por leigos e sem a supervisão de psicólogos, mas foi um local onde aprendi muito.

Só posso dizer que estou bem ansiosa e com um pouquinho de medo de não passar em um lugar legal, ou pior ainda, não passar em lugar algum!

Isso acontece com algumas pessoas, mas por outro lado estou bem confiante na minha capacidade.

Vamos ver no que dá, mas eu vou contar aqui, assim que souber de alguma coisa, tenham certeza!