Esse blog é uma verdadeira caixa de retalhos, escrevo tudo o que quero, lê quem quiser e comenta quem acha alguma coisa.

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Temporal

Na quarta-feira passada voltei do estágio bem disposta a ir na academia recuparar uma aula que eu havia faltado por ter tido um evento na universidade na quinta-feira que eu optei por assitir.
Estava um calor horrível e já havia previsão de temporal, falavam que poderia ser forte, mas todas as vezes que falam isso nada acontece, mas nesse dia aconteceu!
Acho que nunca havia visto um temporal tão forte, fiquei com muito medo pois estava sozinha em casa e achei que os vidros fossem estourar tamanha força da chuva e do granizo.
Para se ter um idéia, folhas e flores entravam entre as frestas da porta e das janelas, a água parecia que era atirada em baldes na janela e na porta. Quando os panos não eram mais suficientes, fui na gaveta de toalhas e peguei a toalha de banho mais grossa e toalhas de rosto para dar conta de conter a água que vinha pela janela e porta.
Foi impressionante, mas tirando isso, de resto não tivemos nenhum rpejuízo, o mesmo não se pode dizer do interior do nosso município.
Estivemos visitando o interior, ali sim o estrago foi grande, casas destelhadas, aviários no chão, pessoas com sofás no sol para secar, outros tantos que perderam o trabalho de anos em tão poucos minutos.
Depois disso fiquei pensando, há uma discussão de se foi um tornado, rajadas de vento ou micro-explosão, como queira, mas fiquei imaginando os tornados, furações, terremotos e tsunamis... Isso que tivemos foi leve, perto de outros fenômenos naturais que existem, penso que essa é a resposta que temos em relação aos danos que causamos ao meio-ambiente...

Um comentário:

Daiane Daniela disse...

Ainda bem que foi o susto, tbm não tivemos grandes prejuízos, apesar de ficar desde quarta até sexta dnoite sem luz e sem água, mas graças a Deus foi só isso.
Rezo que as pessoas que sofreram mais consigam se reerguer...