Esse blog é uma verdadeira caixa de retalhos, escrevo tudo o que quero, lê quem quiser e comenta quem acha alguma coisa.

domingo, 28 de dezembro de 2008

Como sair bem em fotos!

Esse tutorial é bem interessante!

Praia


O vício foi mais forte...
A crise de abstinência estava batendo...
Tive que me conectar...
Estava com saudade do mundo virtual...
A praia está lo-ta-da! Isso significa carros de som passando a cada segundo com som de (blerg!) funk, (eca!) pagode e mais um monte de lixo!
Fila para o mercado, fila para o chuveiro, fila para o banheiro, credo!
A gente vem para a praia descansar e só se estressa!
O mar está de mal, cheio de algas, frio e emburrado, já o sol está de bem com a vida, vem todo o dia dar as caras. O nordestão está com ciúme do sol e aparece todos os dias também.
As pessoas vem ano vai ano continuam fazendo as mesmas porquices na beira da praia, como levar o cachorro, comer e deixar aquele rastro de lixo, esquecer de passar protetor em algumas partes, outros nem sabem o que é protetor e viram aqueles camarões gigantes (não comestíveis).
Enfim, a farofada vem em peso!
Mas é engraçado, no final das contas, é melhor rir, para não chorar!

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Férias



Amanhã dia 26 estarei entrando em férias, mas como o vício é grande, vou fazer o possível para dar uma visitada no Blog e se tiver uma mega inspiração litorânea, postar alguma coisa.
Desejo uma ótima virada para todos os que passam por aqui e espero que 2009 seja tudo de bom para nós todos!

O maior presente de Natal


Recentemente fiz um movimento na minha família buscando sensibilizar os filhos da minha vó para a situação caótica em que se encontra o apartamento dela. Sem pintura desde sempre, com paredes estragadas por uma infiltração há muito solucionada e com azulejos da cozinha presos com fita adesiva.
Mandei um mail relatando a situação, mas não encontrei eco na resposta.
Conversei com o meu pai sobre o assunto e ele ficou calado, mas isso é uma reação bem típica dele.
Ontem, como era Noite de Natal, liguei para desejar Feliz Natal e ele me contou a novidade, que para mim, foi o maior presente de Natal que alguém poderia me dar.
Meu pai intimou os irmãos e a reforma do apartamento da Vó vai sair!
Quase chorei de emoção, só não chorei para não borrar a maquiagem, ahah!
Ou seja, minhas preces foram atendidas, pois a minha Vó merece, ela sempre faz de tudo para os filhos e netos, sempre que se precisa da Vó ela está a postos e todos sabem muito bem disso!
Agora sim, esse será UM FELIZ NATAL!

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Então é Natal


Ontem eu tava meio para baixo, me dei conta de que hoje seria Natal e nem mesmo a roupa que vou usar a noite eu tinha visto e ainda não vi.
Temos que cantar a missa da noite e não estou nem um pouco no clima Natalino.
Parece que todo mundo está pilhado menos eu, de tarde vou passar roupas, que programão, acho que isso não vai me ajudar a entrar no clima natalino, eheh!
Sexta-feira vou para a praia, por mim iria já no dia em que começaram as nossas férias, daí teria a casa só para nós e mais dias de praia!
Senhor, dai-me paciência para aturar a casa de praia lotada, kkk!

Para descontrair:


Indo para o Litoral


É a pior férias possível, sempre a mais agitada, e a mais problemática. Já começa por sair de casa. Com um Fiat 147 ou algum veiculo semelhante, irá ter que agüentar o trampo da Serra. (Isso para quem mora longe do litoral). Pobre quando vai pra praia, costuma convidar todo mundo, quanto mais gente melhor, pois é mais dinheiro pra dividir, ou pagar o muquifo que alugou no local. Em um carro que cabe cinco, o pobre consegue a façanha de enfiar sete ou oito. Quando não dá, devido à fiscalização, é provável de sempre ter outras carros atrás, cada um no seu, mas tudo da mesma família, ai fica aquele problema na estrada, e na cidade, se um erra o caminho o outro também erra, e tem que fazer a volta, completo transtorno. Após chegar ao muquifo que alugou por uma faixa de 40 a 50 reais por dia, isso dividido em 8 pessoas fica barato. O Pobre já entra na casa que costuma caber 2 pessoas, e faz o milagre de fazer com que cabem 10 pessoas e ainda sobrar espaço para lavar roupa, e jogar truco durante a janta. Após retirar cerca de 500 litros de bebida (480 só de cerveja ou pinga) e mais 300 kilos de comida, como farofa, arroz, feijão... O Pobre vai se ajeitando. Quando existem crianças na casa, eles já querem ir logo pra praia. Mal chegam e já ficam pelados na casa pra se trocar e ir pra praia.

Enfim na Praia

Pobre chega na praia por volta das 7 horas da manha pra achar um lugar na sombra e para aproveitar bastante o dia. Leva consigo 50 latas de cerveja, farofa, frango, arroz, pão com carne e alguns trocados para comprar pastel. Costuma levar 3 ou 4 guarda-sóis, pois acha que tenda é muito caro. Após tentar fincar o guarda-sol dez vezes na areia, porque nas demais tentativas o vento levava, o pobre começa a farofada: liga o som do seu carro e começa com aquele pagodão ou funk no último volume e uma bagunça que dá até medo ficar perto.
Um grande problema é a falta de higiene. É recomendável você não ficar muito perto de pobre que leva consigo crianças de com até 5 anos. Principalmente se você estiver acompanhado com uma pessoa especial ao seu lado. As crianças costumam fazer suas necessidades na areia da praia mesmo. Imagine você sentado, paquerando alguém, vem aquele moleque e começa a mijar na areia, ou então abaixa a sunga e começa a cagar ali mesmo. Evite nadar perto deles também, nunca se sabe o que eles fazem dentro d'água. Pobre também adora ficar caçando conchas na areia para colocar no aquario (com seu peixinho que não precisa de ar).


Tirei daqui.

domingo, 21 de dezembro de 2008

Avaliação do ano

Chega o final de ano e vem aquela baboseira que tanto odeio das intermináveis restrospectivas do ano, tem restrospectiva de tudo e para tudo. Para que ficar remoendo o passado? Isso só serve para aumentar ainda mais a angústia de ver como o ano passou tão depressa que as coisas que aconteceram no mês de janeiro, ou parecem que foram ontem ou parece que aconteceram há dez anos!
Enfim, mesmo odiando, vou fazer não uma retrospectiva, mas sim uma avaliação do meu ano.
Esse ano foi para mim de muitas mudanças, não de lugar, mas de posição. Até o meio do ano eu trabalhava remuneradamente e estudava a noite, agora eu continuo estudando à noite, mas trabalho de graça fazendo estágio do meu curso de Psicologia.
A parte ruim disso é que só gasto para fazer isso e a parte boa, além do grande aprendizado é que em um ano eu me formo!
Esse ano foi um ano de consquistas de amizades importantes e grande fortalecimento do vínculo entre eu e meu marido, acho que nesse ano estamos muito em sintonia e longe do que se chama de crise dos 7 anos, que teoricamente, virá no ano que vem, mais especificamente dia 09/08/2009. Realmente não acredito nisso, acho que o casamento não tem data para degringolar, isso é apenas desculpa para quem está de saco cheio e quer pular fora e põe a culpa na crise dos 7 anos!
Agora não me lembro de outras conquistas importantes, mas tenho ainda alguns dias antes de 2009 para pensar no assunto!

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Férias, merecidas férias!

Chega essa época do ano está todo mundo pelas tabelas, perdendo os pedaços e pedindo com todas as suas forças alguns dias de férias!
Também estou nesta situação!
Pois bem, vou ter férias à prestações, uma pequena entrada e o saldo em quinze dias!
Ou seja, recesso de Natal e Ano Novo, depois trabalha duas semanas de graça em Janeiro só para não ficar mal acostumada e depois férias novamente até março!
Estão falando, que moleza isso!
Mas vai trabalhar de graça para ver como é bom!
Estagiário é isso pessoal!

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Aqui se faz, aqui se paga

Esse daí teve seus minutos de fama, bateu na garota de programa, quebrou quarto de motel, foi preso, chifrou a mulher umas quantas vezes e hoje quando acordou estava morto morreu dentro de um carro.
Eu não vou sentir falta dele, você vai?
Leia mais aqui.

Aqui se faz, aqui NÃO se paga

Lembram do caso do menino João Roberto? Essa madrugada saiu a sentença do julgamento e o PM que efetuou os disparos que atingiram fatalmente o menino foi absolvido da acusação de homicídio e foi condenado a um ano de prestação de serviços à comunidade por lesão corporal. Leia mais aqui.

O Promotor e o advogado de defesa alegam que os jurados dormiram e não entenderam a pergunta do juiz. Pode? Leia mais aqui.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Tenho outro problema com Natal

Podem rir de mim, mas morro de medo de Papai Noel de máscara.

Acho que esses materiais horrorosos nunca deveriam ser vendidos! Sou a favor de Papais Noéis legítimos, tá bom eu sei que eles não existem, mas deveriam ser aceitos apenas aqueles que nutrem durante todo o ano aquela barba e aquela barriga enorme, que tem cara de bonzinhos e fofos!


Não concorda comigo que esse sujeito aí de cima poderia muito bem assaltar um banco vestido dessa forma? Você não enxerga sequer os olhos da criatura! Está até usando luvas para não deixar impressões digitais que medo!
Não é à toa que muitas crianças choram desesperadas quando vêem um Papai Noel desses.
Mas não é apenas só isso!
Muitos pais contribuem para tal pânico incutindo na criança o medo do Papai Noel, afinal se ela não se comportar o Papai Noel vai fazer mil e uma atrocidades com ela, como por exemplo, deixar ela sem presente de Natal!
Que Horror!
Abaixo as máscaras de Papai Noel!

Fim de Ano




Há algum tempo eu gostava muito do final de ano, Natal, talvez porque fosse criança e o Natal é a época dos melhores presentes! Mas de um tempo para cá venho ficando cada vez mais cética quanto essa data. Odeio músicas de Natal, pois são sempre as mesmas! Chega por essa época eu vou me escapando do coral, ehehe!
Mas quanto ao Natal o que penso é que se tornou uma data extremamente consumista, só um exemplo. Quando éramos crianças a decoração da casa se fazia no primeiro final de semana de Dezembro. Hoje os shoppings já começam a decorar desde o início de Novembro! Tudo para que? Para vender mais, para lucar mais para se dar bem.
Outra coisa, no final de ano todo mundo fica bonzinho! É gente que o ano todo sequer moveu uma palha para melhorar o mundo, exemplo, separar seu lixo, e chega final de ano e começa a doar presentes e brinquedos para os mais necessitados, ou seja, quer se redimir de um ano todo no final dele.
Muitas pessoas fazem caridade o ano todo e nem por isso aparecem na mídia, outras, tipo Ronaldo doam um monte de coisas para aparecer no jornal. Outras tantas pessoas fizeram a sua parte mas não aparecem na mídia.
É triste pensar que as crianças hoje em dia achem que o Natal é o aniversário do Papai Noel, que desconheçam totalmente o sentido do nascimento de Cristo ou qualquer outra simbologia religiosa que o Natal possa ter em outras crenças.
Por isso, durante o ano eu procuro fazer a minha parte, colocar uma gotinha de água no incêndio e com isso chegar ao final do ano sem esse desespero de fazer tudo o que não fiz pelos outros e por mim o ano todo.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Calor



Tá tão calor que não tenho nem ânimo nem inspiração para escrever aqui =/