Esse blog é uma verdadeira caixa de retalhos, escrevo tudo o que quero, lê quem quiser e comenta quem acha alguma coisa.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Amizades

Ando meio se inspiração para escrever no blog, mas resolvi comentar algo que aconteceu agora no início de 2009. Vou procurar relatar os fatos sem dar nomes aos bois, ou melhos às vacas!
Tenho que fazer um breve resumo para que eu me faça entender:
Ainda na infância tive uma amiga que me acompanhou até quase os 18 anos, nós fazíamos tudo juntas, era um grude só, mas sempre rolava uns stress pois eu era sou muito temperamental e ela era muito mimada, aliás ela era e acho que ainda é um clone teleguiado pela mãe dela, até a cor de cabelo elas tem igual, isso perdura até hoje, pelo que tenho conhecimento.
Pois bem, aos 18 anos nossas vidas tomaram rumos diferentes. Eu arrumei um namorado e ela não, mas logo depois arrumaram um namorado para ela, pois devido ao alto grau de competição que pairava entre nós ela não poderia ficar para trás.
Eis, que eu mudei de namorado, fiquei sozinha algum tempo e hoje estou casada. Ela casou com aquele primeiro namorado, até fui no casamento, no chá de panela, mas sem muito entusiasmo, a amizade já não era mais a mesma.
Há algum tempo eu andei procurando os amigos daquela época no Orkut, encontrei alguns e confesso que procurei por essa pessoa em especial, mas nada encontrei. Encontrei sim uma amiga em comum que fez a ponte, e começamos a trocar e-mails.
Algo desde já me chamou a atenção foi que eu mandei uma foto minha para que ela visse como eu estou e conhecesse o meu marido. E ela? Mandou fotos de toda a bicharada que ela tem em casa e NENHUMA foto dela e do marido (que eu conheço), mas enfim, queria ver como ela está agora sem nenhuma maldade, fiquei sabendo que ela tinha engordado muito, mas ora bolas, eu também não tenho mais o corpitcho de 18 anos!
Enfim, a troca de e-mails esfriou e parou totalmente, ficou por isso mesmo! Isso deve fazer uns 3 anos!
Agora em 2009, isto deve ser promessa de ano novo, recebo um mail dela querendo me ver e talz. Bah! Fiquei muito chateada pois da outra vez em que eu tomei a iniciativa ela ficou "se fazendo" e agora ela quer me ver?
Respondi até mal-educadamente, mas deletei, descartei, extirpei.
Talvez lendo assim não pareça que eu deveria ter feito isso e tal, mas talvez só eu saiba o quanto eu melhorei como pessoa depois de ter me "libertado". Eu era sempre a errada, se algum gatinho passava olhando nunca era para mim, sempre para ela e outras coisas do gênero, mas não tenho como não me sentir culpada por ter dispensado ela, fiquei com peninha, sabe?

Nenhum comentário: