Esse blog é uma verdadeira caixa de retalhos, escrevo tudo o que quero, lê quem quiser e comenta quem acha alguma coisa.

sábado, 27 de março de 2010

Histórias da Fila...

Bem, eu tinha ficado de contar sobre a fila do SUS, mas na realidade, essa história pode fazer parte de qualquer fila, onde tenha uma mãe e uma criança.
Longe de mim querer falar algo a respeito da criação de filhos, até porque não os tenho para saber como eu faria, mas como sou psicóloga, entendo um pouquinho de psicologia da criança...
Bem, depois dessa desculpa esfarrapada, vou contar o causo.
Estava eu lá na fatídica fila, me protegendo da chuva quando chega uma mulher com um menino. Juro que achei que era a avó dele, mas isso não vem ao caso... A diversão do guri era colocar a mão na goteira e "limpar" a parede que estava suja, óbvio que a avó mãe odiou a brincadeira e falou o seguinte para tentar fazer o guri parar com aquilo:
- Se tu não te comportar eu te levo para a escolinha! Tu quer ir para a escolinha?
O guri já com cara de choro fez sinal com a cabeça que não.
- Pois eu já te disse, se tu te comportar bem, fica só com a mãe, senão vai para a escolinha que é o lugar das crianças que não se comportam bem vão, pois lá eles ensinam a se comportar direito!Imagem: familia.sapo.pt
Não contente ainda com o massacre na pobre mente infantil ela ainda me lasca essa:
- Tá ouvindo as crianças chorando? (Tinha uma escola bem perto dali e se ouvia aquele barulho característico de gritos de crianças brincando no pátio da escola) É, elas estão chorando porque estão na escola e elas estão na escola porque não se comportaram bem!
Minha nossa! Eu tive que me segurar para não falar nada! Onde é que já se viu fazer uma coisa dessas? Imaginem quando essa criança precisar ir para a escola? Será um caos e a mãe vai se perguntar do porque do pânico de escola... Sério, eu estava me segurando para não dizer umas verdades, mas ómmmmmmm, não se mete onde não te pediram opinião, ómmmmmmm, pobre criança, ómmmmmm...
É por essas e outras que tem tanta criança "hiperativa".
E tenho dito...

2 comentários:

Daiane Daniela disse...

Credo, pobre criança...
Vai ver q a mãe tem trauma de escola e agora quer passar pro filho também...
Cada coisa...

Fabi disse...

Nossa, se ela soubesse o mal que isso faz no pequeno, não faria jamais isso, cria um medo insano e vale para tudo o que os pais usam de artifício para conseguir o que querem...